11 setembro, 2008

Caminhar

Para ler ouvindo: Play that Funky Music - Wild Cherry



Caminhar...


Andou em companhia do fone de ouvido permitindo-se a solidão. O sorriso leve denunciava a felizcidade de caminhar sem destino mais uma vez. Olhos vidrados nos rostos alheios o convidava para um monte de histórias inexploradas e que brotavam a cada nova piscada. A guitarra imaginaria as vezes era interrompida pelos solos frenéticos de bateria. Dividir o cinza concreto não o preocupava muito, muito menos acompanhar os tic tacs do relógios de pulso ou tentar decidir qual seria enfim o caminho.

Tinha a brisa leve formando uma lágrima no canto dos olhos, a tarde azul alaranjada atrapalhava os pensamentos que queriam ser concluídos. Era possível ouvir eles discutindo para chamar mais atenção do que o outro.

Olá dizia vez ou outra para desconhecidos na rua, careta dava para crianças com cara de arteira, "ni tis tis tis" para os cachorros que surgiam pelo caminho, talvez a respiração forte e línguas pra fora fosse a melhor companhia.

O Tênis, assim como, a bermuda estavam extremamente confortáveis, peito nu, bocejos de preguiça chamavam a atenção dos apressados e de vez em quando de algumas garotas também. Estufava o peito, o sorriso de garanhão cobria mais um refrão que era cantando quase audível. Como era gostosa essa sensação de respirar fundo e sentir o ar inflar o pulmão, ver ao longe nuvens ganhando vida e se entregar aos passos de uma caminhada tranqüila.


- Av dos Metalurgicos - (Praça sem nome)
Cid. Tiradentes SP - Brasil
Foto: Rogério Ferreira
Disponível em:

4 comentários:

Francine Esqueda disse...

Olá! Foi um prazer descobrir este lugar! Adorei o clima e o estilo...
Parabéns! Com certeza voltarei!
Bom fim de semana.
Abraços

Rosa disse...

Rogério,
Gostei muito do seu blog. O estilo simples, a escrita que chama a nossa atenção. Você tem o dom da escrita. Parabéns e continue com os posts ok?!
Caso queria se interar mais em noticias, ou mesmo em entretenimento, acesse: http://zymboo.com/busca/categorias/entretenimento/depois_da_minha_viagem.html

Abraço

Márcio Brigo disse...

Um bom passeio! Fruto de uma mente capaz de tranformar o cotidiano em algo digno de nota!. Parabéns.

ana lucia nicolau disse...

é...caminhar sem compromisso, poder sair andando, pensando...