06 dezembro, 2011

Obrigado Papai noel

Para ler ouvindo Um dia, um ladrão - Pato Fu

Ai você acorda e recebe isso:

Não sei das histórias que te contaram, não sei das coisas que te prometeram, não sei dos sonhos que sonhou, nem das coisas que perdeu ou ganhou.

Não me importo.

Sou o seu novo começo, sua nova história. Quero ser o seu caminho.

Aquele, o certo.

Quero segurar na sua mão e caminhar.

É bom descobrir o caminho.

É bom sentir o vento no rosto.

É bom sorrir, mas melhor que isso é ver que também posso te fazer sorrir.

A unica certeza após ler é que papai noel existe e ele antecipou meu presente de natal.


Já te gosto muito dona Limone!

13 setembro, 2011

Festival das Cerejeiras

Domingo de preguiça, sol a pino, brisa gostosa pra caminhada, presença de amigos e muitos tiros. Impossível existir uma terapia melhor que essa. Fototerapia. 

Fiz alguns videos assim que tiver coragem pra editar publico-o.

Abaixo cliques do Festival das Cerejeiras que acontece anualmente no Parque do Carmo na Zona Leste de São Paulo.



Canon EOS REBEL XS
Lente 18-135mm Canon
Distancia focal 135mm
Abertura 6.38
Number f/9
ISO 400


Canon EOS REBEL XS
Lente 18-135mm Canon
Distancia focal 162mm
Abertura 6.63
Number f/10
ISO 400

Canon EOS REBEL XS
Lente 18-135mm Canon
Distancia focal 135mm
Abertura 6.38
Number f/9
ISO 400

Canon EOS REBEL XS
Lente 18-135mm Canon
Distancia focal 138mm
Abertura 6
Number f/8 
PB aplicado
ISO 400

Canon EOS REBEL XS
Lente 18-135mm Canon
Distancia focal 135mm
Abertura 6
Number f/8
ISO 400

Canon EOS REBEL XS
Lente 18-135mm Canon
Distancia focal 135mm
Abertura 6.63
Number f/10
ISO 400

Canon EOS REBEL XS
Lente 18-135mm Canon
Distancia focal 135mm
Abertura 5
Number f/5.6
ISO 400

Canon EOS REBEL XS
Lente 18-135mm Canon
Distancia focal 135mm
Abertura 7
Number f/11
ISO 400




12 setembro, 2011

Escolhas

Para ler ouvindo (ou não)

Architecture In Helsinki - Souvenirs

http://youtu.be/V5cpfyolPH4


Acordei cedo, espreguicei ainda com a minima vontade de levantar, dei aquela respirada fundo e mirei no teto branco. Por um longo tempo fiquei contemplando o branco, até ser sugado para 10 anos atras, talvez até um pouco mais. 

Já devo ter escrito sobre escolhas, tempo, sonhos, uma dúzia de vezes, mas esse é um tema que merece ser revisitado constantemente.

Revendo minhas escolhas não me arrependo de nenhuma delas, afinal, sou o que sou graças ao trilho que elas me colocaram. Conheci muita gente, muito mais que possa imaginar, fiz grandes amigos, alguns que se tornarão irmãos. Errei, aprendi, ensinei, mas o principal moldei minha personalidade como tal ela é hoje.

Mas, não posso deixar de negar que embora me orgulhe dessas escolhas, hoje, talvez eu não as repetiria.

Contudo o que me deixa mais feliz é a possibilidade de começar novamente, nem sempre um passo pra trás é um passo pra trás. 

Nunca pensei em ser, mas me tornei; mais a cargo das opções que me foram apresentadas, do que aquele desejo latente que move a maioria das pessoas e vendo que ainda carrego essas incertezas percebo que mudar é outra escolha da qual tenho certeza que não vou me arrepender.

Vou me inspirando no Ton, na Carol e projetando onde eu quero estar daqui 10 anos. Nenhum desses desejos envolve dinheiro, posição social ou um status que mereça inveja. Quero apenas a tranquilidade de poder programar meu próximo fim de semana, minhas ferias após um ano de trabalho, compartilhar uma cerveja gelada no fim do dia e quem sabe um belo por sol ao lado de uma pessoa incrível    


 

21 junho, 2011

Frases de efeito


O sindico bateu na mesa, inflou o peito e mirou seu olhar enraivecido na direção de todos os presentes.

- Ora, ora, senhoras frases de efeitos, estão todas cá reunidas pra que afinal? 

- Ficam bradando aos quatro ventos, linhas e linhas de sentimentalidades e na hora de se entenderem não praticam o que pregam, coisa mais feia.

- Poderia passar a palavrão ao senhor palavrão, para que pudesse exprimir as palavras que tenho na linguá nesse momento, mas não vou, simplesmente em respeito, aos que se comportam como se deveria e digo mais, alias não digo nada.

Tal como vocês, donas frases de efeito, pensou o Sr Sindico, mas desse vez ele preferiu guardar pra si a onda de pensamentos que lhe tomavam os pensamentos.


23 maio, 2011

Movimento...

Canon EOS REBEL XS
Lente 17-70mm Sigma
Distancia focal 18mm
Abertura 7.30
Number f/13
PB aplicado
ISO 400

Canon EOS REBEL XS
Lente 17-70mm Sigma
Distancia focal 18mm
Abertura 6.60
Number f/10
ISO 400


Canon EOS REBEL XS
Lente 17-70mm Sigma
Distancia focal 18mm
Abertura 6.60
Number f/10
PB aplicado
ISO 400



Canon EOS REBEL XS
Lente 17-70mm Sigma
Distancia focal 18mm
Abertura 6.60
Number f/10
ISO 400



Canon EOS REBEL XS
Lente 17-70mm Sigma 
Distancia focal 92mm
Abertura 6.30
Number f/9
ISO 400




Andando pelo centro velho de São Paulo, durante a Virada Cultural encontrei esse grupo se apresentando ao som de Maracatu. Dia lindo, sol a pino, amigos presentes. Só mirei a câmera e cliquei, fazia tempo que não ficava tão feliz com resultado das minhas fotos. 

16 maio, 2011

Queria ser um cachorro.

Pra ler ouvindo: Vida de Cachorro - Mutantes
"Eles estão por fora do que eu sinto por você"


Queria ser um cachorro!


Sim eu queria ser um cachorro, desses vira latas, de pelo bem curto, orelhas compridas e disposição pra brincar com outros cachorros. Queria ser dos mais espertos, como aqueles que buscam o jornal pela manha.


Se pudesse escolher teria os pelos bem escuros e brilhosos, desses de dar gosto de ver, não ia me importar em me coçar espantando as pulgas ou só pra matar aquela preguicinha que vem no fim de tarde.


Ia andar com a cabeça pra fora do carro, ia sentir o vento forte batendo no rosto, tremulando minha língua e fazendo inveja pros pedestres na rua. Não sei por que, mas os humanos dizem que essa é a sensação de liberdade.


Meu fusinho seria gelado, mas bem gelado mesmo, gosto de fusinho gelado.


Não ia ter vergonha de nada, pediria ajuda nos dias de chuva forte e muitos trovões, voltaria com o rabo entre as pernas depois de tomar bronca, correria pro barro depois de tomar banho, iria cortejar todas as cadelas da rua, avançar latindo pra gente estranha e correr pra segurança do portão de casa e mesmo assim continuar latindo, latir de boca fechada pra não fazer barulho.


Seria desses cachorros vira latas, mas desses vira latas sem frescura, nada de pet shop, ração com nome estranho, brinquedinho colorido e osso falso. Quero mais é banho de mangueira em dia quente, osso de açougue, casa no barro pra cavar buraco e um amigo bem legal pra coçar minhas costas, atrás da minha orelha, minha barriga, como é bom coçar a barriga, eu desmonto fácil.


Olha, me comportaria como um cachorro de verdade, ficaria de guarda a noite, mastigaria seus chinelos  e sapatos, te receberia aos pulos, uivaria pra lua e só pediria uma coisa em troca que fosse um bom amigo.

08 fevereiro, 2011

Sem assunto

Oi amor,

Tudo bem?
Como estão as coisas?
Quais as novidades?


Beijo
PS: Bom é isso, faz tempo que agente não se fala, não se esbarra. Tá! OK! A culpa é minha, eu sei. Então, se estiver aqui por perto de bobeira, dá um toque, talvez agente se encontre, vai ser bom reencontrar você. Ta estranhando o texto curto, sei lá, deve ser o Twitter.

Sabe da paixão?
Se cruzar com ela diz que estou com saudades.