20 agosto, 2007

perfil do orkut...

... eu sou;
O compositor frustrado,
descompassando ritmos, acordes, timbres
desafinando letras, rimas, linhas a serem cantadas,
torcedor
de vaias em casas cheias em espetáculos solitários...

sou eu...
O escritor de antônimos, hiatos, ditongos
hipérboles, metominias, metáforas.
Sonha-dor
de letras vivas formosas e curvilíneas rabiscadas em tinta
empoeiradas em prateleiras de ofertas absurdas aos bolsos analfabetos.

...Sou...
Pintor de muros, escadas;
socos,
paredes, sacadas, marquises,
pontapés,
pincelando sonhos de olhos abertos em estações do metro
emoldurados em esquinas de corpos nus percorridas por transeuntes
anônimos...

Eu.
Locutor mudo,
Libidos com mexe que aveludada voz da <
irradiante das músicas alegremente melancólicas
ensolarados dias dos madrugadas nas ouvidas <
perdidos entre graves, agudos
auditivo prazer ao pensadas formas de momentos nos<

... eu sou
Palhaço engraçado, da lona furada de sorrisos infantis
inocentes,
em piadas a muito contadas e com graça de quem faz tudo pela primeira vez
respeitável marmelada que tem sim senhor,
a alegria de ser pago pra fazer rir
narizes vermelhos, rostos pintados, pés gigantes de
um picadeiro de tambores rufantes...

Sim, eu sou e admito,
O clichê de contradições poemados.

Desculpe; ganhar forma no papel rascunho das obviedades.